15
set

Ubuntu como Terminal ou Kiosk

Eu costumo usar o thinStation como sistema operacional para terminais como ThinClients com boot via rede, mas novas necessidades surgiram e demandaram uma distribuição mais completa de Linux para estes terminais. Dois exemplos disso são: Terminal e Kiosk.

Um kiosk pode, por exemplo, ser um PC que entra direto no Firefox em determinado site.

No meu caso atual precisei de um Terminal mais parrudo, que vai mostrar um sistema em Windows via área de trabalho remota, num monitor e numa grande TV de plasma de 50″. Para isso, precisamos adquirir uma placa nVidia simples com 2 saídas de vídeo e vou ter que usar os drivers proprietários da placa para poder regular perfeitamente as necessidades do cliente.

Instalacao:   

  • Instalei o Ubuntu desktop completo, com um usuário qualquer e permitindo que ele faça o login automático, sem parar para pedir senha.
  • Deixei fazer todas as atualizações, depois deixei ele instalar os drivers proprietários da nVidia.
  • Depois de tudo instalado e reiniciado, configurei a saída de vídeo para “clone” no monitor e TV, com suas devidas resoluções.
  • Através do comando visudo configurei o usuário em questão como liberado para comandos sem pedir senha, adicionando a seguinte linha no final:
    • usuario ALL=NOPASSWD: ALL
  • Desinstalei o screensaver e o update-manager para não atrapalharem (sudo apt-get remove gnome-screensaver update-manager).
  • Instalei o openssh-server para ter um controle remoto sem depender do ambiente gráfico.
  • Criei o script conforme abaixo e o adicionei aos aplicativos a serem iniciados logo após o login em Sistema/Preferências/Aplicativos de Sessão. Basta adicionar seu script para ser executado automaticamente.

Script terminal.sh (não esqueça de habilitar permissão de execução para o script com chmod +x terminal.sh):

#!/bin/bash
# Script de terminal, by Alroger Filho
sleep 8
xset -dpms
rdesktop -u tvteste -p teste -f cliente.xxx.com
sleep 5
sudo service gdm restart

Configurando o botão de desligar:

  • Para contornar todas as frescuras dos gerenciadores de energia, e simplesmente mandar o Ubuntu fazer um shutdown ao apertar o botão de liga/desligado do PC basta editar o arquivo /etc/acpi/powerbtn.sh e adicionar o comando de shutdown logo no início, após os comentários iniciais, ficando mais ou menos assim:
#!/bin/sh
# /etc/acpi/powerbtn.sh
# Initiates a shutdown when the power putton has been
# pressed.

# alterado para fazer o shutdown, NO MATTER WHAT!
/sbin/shutdown -h now "Power button pressed"

[ -r /usr/share/acpi-support/power-funcs ] && . /usr/share/acpi-support/power-funcs

Desativando o apagamento de tela:

  • A primeira dica já está no próprio script do terminal, que é o comando xset -dpms.
  • Para garantir também procurei no /etc/X11/xorg.conf por linhas contendo a opção DPMS e as comentei.
  • E para garantir, adicionei no final do xorg.conf:
Section "ServerFlags"
        Option "BlankTime" "0"
        Option "StandbyTime" "0"
        Option "SuspendTime" "0"
        Option "OffTime" "0"
EndSection

Pronto, um belo terminal para uma necessidade específica, super rápido e a prova de usuários (espero).

Alroger Filho

Comments are closed.

© 2017 Cafe TI – pra perder o sono. | [RSS] Artigos and [RSS] Comentários

Design by Web4 Sudoku - Powered By Wordpress