13
dez

Steam Linux e Team Fortress 2 Beta

Finalmente!

A Valve finalmente está investindo no Linux, e até admitiu que pode fazer seus jogos rodarem mais rápido no Linux do que qualquer outro OS. Fico feliz em ver que estão trabalhando de perto com a nVidia e até ajudaram a melhorar a performance de seus últimos drivers proprietários.

Depois de um tempo que me inscrevi recebi minha autorização para participar do Beta. Acabei de rodar o Team Fortress 2 Beta, que está livre para testes no Steam. Mas como sempre, aqui vão algumas dicas que me foram indispensáveis. Estou rodando Xubuntu 12.10 64bits.

  • ALSA: Se você acompanha o Cafe-TI sabe que sempre desinstalo o PulseAudio do Ubuntu ou Xubuntu pois causa problemas de performance, barulhos, cortadas e desalinhamento de áudio com vídeo, principalmente usando áudio onboard como faço (nunca tive uma placa de áudio decente para experimentar). O Steam parece usar o PulseAudio por padrão, mesmo que não instalado no seu Linux. Para força-lo a usar ALSA, basta adicionar SDL_AUDIODRIVER=alsa antes do steam em sua linha de comando. Eu acabei criando um script em bash que da um export SDL_AUDIODRIVER=alsa antes do comando steam.
  • Joystick: O Team Fortress 2 não iniciou até que eu adicionasse -nojoy em seus parâmetros de inicialização (pelas propriedades do jogo no Steam).

Links e Refs:

Alroger Filho

5 Responses to “Steam Linux e Team Fortress 2 Beta”

  1. 1
    Leonardo Amaral Says:

    Eu em geral leio aqui somente por conta das ROMs do P1000 mas eu vi esse post de supetão e não resisti: AlRoger, por favor, volte com seu PulseAudio pro lugar e seja feliz. Reclamar de degradação de performance de placa de som por causa do PulseAudio quando se usa provavelmente uma Azalia/HDA… A responsável pelos seus problemas de sincronismo é a danada da HDA e se ajuda, nas confs do PulseAudio dá pra colocar o processo do PA como RT (O padrão é prioridade -11 se não tô louco).

    Nessas duas gatinhas aqui se comporta muito bem, ainda que em heavy load:

    leonardo@betty:~$ lspci | grep Audio
    00:1b.0 Audio device: Intel Corporation 82801I (ICH9 Family) HD Audio Controller (rev 02)
    01:00.1 Audio device: NVIDIA Corporation GF119 HDMI Audio Controller (rev a1)

  2. 2
    Leonardo Amaral Says:

    P.s: Se quiser que faça algum teste aqui… Mas adianto um que já fiz: jackd ligado direto no alsa com uma SBLive Platinum me deu 23ms de latencia. Nessa Audigy eu imagino já ter conseguido uns 19ms mas não lembro.

  3. 3
    Alroger Filho Says:

    Ja quebrei muito a cabeca com o PA. Nem em RealTime com esta funciona direito:

    01:00.1 Audio device: NVIDIA Corporation GF108 High Definition Audio Controller (rev a1)

    Rodo o SecondLife quase que 24h aqui, e com o PA ele vai crescendo de memoria e ficando mais lento ao longo do tempo… até dar um crash e iniciar novamente… mas quando inicia, tenho que reiniciar o SecondLife para se conectar a ele novamente.

    Som picado, defasado, consumo excessivo de CPU… nao preciso do PA.. o ALSA nas ultimas versoes funciona perfeitamente, sem falhas, sem conflitos, com tudo aberto ao mesmo tempo, etc.

    Viva ALSA!

  4. 4
    Leonardo Amaral Says:

    Então, é porque muita gente acha que o PA é o sistema de som e não é. O Pulseaudio funciona ACIMA do pulse. Na verdade o PA é uma aplicação que usa o ALSA e SO. E o que ele faz ser um servidor de som (No sentido unix mesmo – ele é um ESD com esteroides a 1000).

    Já o ALSA roda em kernel (E não, eu acho o alsa feio e bobo – prefiro 1000x o OSS4 que ganha de lavada do alsa pra muitas placas, principalmente as SB e lembrando que OSS != OSS4) E o problema do OSS4 é o preconceito. O trabalho novo do Hannu, que continuou depois que o kernel abandonou o OSS ficou lindo mas as pessoas só se importam com o que vem padrão no kernel. O OSS me permitiu latências mais baixas que o ALSA e na Audigy Platinum ele me deu um som nitidamente mais limpo.

    Então o PA ele entra como um novo device ALSA e se poe no lugar do padrão, assim APPS alsa podem usa-lo. E ele captura todas as outras interfaces hw: por padrão e chupa pra ele, dando o lock (No alsa não dá pra usar mais de uma app de som com lock) e distribuindo o som local e remotamente. Como ele tem sistema de mixagem, ele permite multiplos sons e controle individual.

    Particularmente o PA é uma bomba, mas ele funciona bem nas ultimas versões. Sugiro o uso de PPA também.

  5. 5
    Eduardo Paes Leme Says:

    jà penei muito pra configurar alguns jogos pra rodarem no linux e tive várias vitórias, mas foi suado. Sei dizer que o treinamento que fiz no curso ADV http://www.cursoadv.com.br foi fundamental. Obrigado pelo post

    abss

© 2017 Cafe TI – pra perder o sono. | [RSS] Artigos and [RSS] Comentários

Design by Web4 Sudoku - Powered By Wordpress