27
maio

PCI 3.3V – placas de rede para servidores

200px-pci_slots_digon3A evolução rápida dos servidores e desktops, deixou algumas dúvidas no ar sem muito esclarecimento. Por isso resumo aqui o que aprendi na marra, depois de comprar placas erradas para servidores errados.

Os novos servidores vem todos com a maioria de seus slots (encaixes para placas de expansão) nos novos padrões PCI-X ou PCI-Express, entre outras variações e velocidades. Mas para manter a compatibilidade, nos modelos mais econômicos, também tem 1 ou 2 slots PCI antigos para usarmos, enquanto placas de rede, vídeo, captura de vídeo e outras, adotam o novo padrão. O problema é que, como eu, normalmente não sabemos que este slot PCI, é especificamente PCI 3.3V. Ou seja, o padrão PCI mais recente criado.

As placas de rede mais famosas no Brasil, como 3Com e Realtek, normalmente são do padrão 5V, e nem encaixam nos novos servidores, que são PCI 3.3V (ainda bem!).

Abaixo seguem algumas imagens para ilustrar o encaixe. Resumindo, existem placas PCI com ambas as Voltagens, 5V apenas ou 3.3V apenas. Basta observar em que lado existe um vinco no slot e na placa, pois o encaixe é… aprova de erros.

800px-pci_keying

Links e Refs:

Alroger Filho

6 Responses to “PCI 3.3V – placas de rede para servidores”

  1. 1
    Luciano Says:

    Aiaiai!!! cuidado com esse lance de voltagem! Ainda bem que os fabricantes se ligaram nisso e começaram a fazer slots com encaixes diferentes.

    Roger, quando voce menciona placas de rede e servidores eu pergunto: voce tem usado load balance? se sim quantas placas de rede, 100mb? 1giga? e qual software de gerenciamento?

    abrazz

    Luciano

  2. 2
    Alroger Filho Says:

    Teta, não costumo usar load balance, mas já fiz uns testes piloto com o software de storage da FalconStor, que você deve lembrar. Mas aí o load balance era proprietário.
    E você, tem usado? Depende de inteligência no switch/roteador, ou apenas no servidor?

  3. 3
    Cristiano (Tetinha) Says:

    Teta, o que vc entende por load balance? Qual é a sua ideia de utilização.
    Bom, no linux existe o bound que faz esse tipo de trabalho,
    Permite que vc trabalhe com as placas de redes como se fosse o RAID para os sistemas
    de armazenamentos de HDs onde vc poderá fazer balanceamento de carga entre placas de rede,
    ou ainda fazer um link agregation onde vc utiliza todas as placas de rede ao mesmo tempo someando as velocidades delas para um link virutas unica, mantendo o balanceamento, redundancia, disponibilidade.
    Para isso vc precisa ver 2 coisa tbem.
    1. As placas de redes terão que suportar a tecnologia IEEE 802.3ad.
    2. O equipamento ativo de rede(roteador ou switch) tbem tera que suportar a tecnologia de port agregation, pois o bonding do linux nao faz tudo sozinho.

    Abraços
    Tetinha

  4. 4
    Cristiano (Tetinha) Says:

    desculpe-me a tecnologia no linux eh feito com o “bonding”e não bound.

  5. 5
    Luciano Says:

    Eu fiz o questionamento mais pra conseguir pegar um pouco das experiencias que voces tem tido se eh que tem tido.
    Eu tenho usadoem dois servidores da dell que utilizam um software chamado Control Suite que faz o link agregation e ou o que quiser mais. Tenho usado e notei uma velocidade muito diferente, especialmente que junto a isso to usando Switches Linksys com gerenciamento.
    Um dos motivos que usei o load balance era para dar uma melhora em um sistema em que o sistema lia a data base via samba e nao via SQL. Tipo abrir um arquivo do Access via rede.

  6. 6
    Cristiano ( Tetinha) Says:

    Teta,
    entendi perfeitamente o que vc fez e a aplicação como esta funcionando, mas assim vc melhora a qualidade do link com um gerenciamento QoS. Porém, como vc disse que a aplicação trabalha diretamente com um arquivo acess, precisa ser visto se nao seria melhor colocar um acesso via odbc, mesmo estando em um compartilhamento samba para que o arquivo nao tenha problema de corrompimento de compartilhamento no acesso do mesmo, que se feito via odbc, nao teria esse problema, sem falar da exposicao do arquivo que poderia ser um problema de segurança.

© 2017 Cafe TI – pra perder o sono. | [RSS] Artigos and [RSS] Comentários

Design by Web4 Sudoku - Powered By Wordpress